É verdade que a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus fechou muitos postos de trabalho em todo o mundo. No entanto, na contramão desse cenário, há empresas com vagas abertas em diversos setores ou se preparando para retomar as contratações no pós-crise. De acordo com o CEO e headhunter da Prime Talent, David Braga, nesse contexto complexo e incerto, é fundamental que o profissional esteja ainda mais preparado para que o momento desfavorável possa virar oportunidade, independentemente do cargo a ser ocupado.

Para isso, ele ressalta que as soft skills (competências e habilidades) se fazem ainda mais necessárias, do estagiário ao presidente. São elas: resiliência e flexibilidade; controle emocional; planejamento; gestão de crise e comunicação; tomada de decisão; pensamento digital; autoconhecimento; atitude; cooperação; visão de negócios; e adaptabilidade.

“Diante de uma crise, é fundamental criar caminhos alternativos e propor soluções para as questões que se apresentam. Ser criativo, ousado, disruptivo, ter abertura mental e diplomacia para lidar com contextos econômicos e empresariais cada vez mais complexos”, resume Braga.

O candidato a um novo posto de trabalho, agora ou quando passar a fase aguda de propagação da Covid-19, terá desafios maiores que os enfrentados em outros momentos. Especialmente as funções de liderança. Assim, o executivo reforça que é essencial aprofundar o conhecimento sobre o segmento em que estiver inserido. “Ainda que a atuação seja em home office, deve-se conhecer a empresa, os processos, as áreas de interface, os produtos/serviços, os diferenciais competitivos, a concorrência e a cadeia produtiva para contribuir de forma assertiva. A tendência é que profissionais com conhecimentos rasos sejam eliminados das organizações”, explica.

David Braga também destaca que a adaptabilidade é uma competência primordial, uma vez que se adequar aos novos tempos, tecnologias, pessoas e modelos de negócio é garantir perenidade das empresas e dos empregos. Por fim, cada profissional e candidato a uma vaga precisa ter consciência de que se conhecer é um dos fatores de sucesso nos negócios, pois possibilita entender muito bem suas potencialidades, saber como colocá-las em prática, além de identificar os próprios gaps e diminuí-los, com auxílio de ferramentas ou profissionais especializados.

Sobre a Prime Talent

A Prime Talent é uma empresa de busca e seleção de executivos de média e alta gestão, que atua em todos os setores da economia na América Latina, com escritórios em São Paulo e Belo Horizonte. Seu CEO, David Braga, já avaliou, ao longo de sua carreira, mais de 10 mil executivos, selecionando para clientes Latam. Ele tem formação de Conselheiro de Administração pela Fundação Dom Cabral (FDC), possui certificação de Executive Coach pela International Association of Coaching e é practitioner em Micro Expressões e Programação Neurolinguística. Além disso, tem vivência internacional em Trinidad and Tobago, Londres, África e Estados Unidos.