in

Mentoria de negócios auxilia empreendedores durante e após a pandemia

Em tempos de crise, toda ajuda é bem vinda para os negócios

mentoria-de-negocios-auxilia-empreendedores-durante-e-apos-a-pandemia

Formado em Administração de Empresas, Samuel Machado, 47 anos,  profissional no ramo imobiliário que divide seu tempo com atividades na pizzaria da família, no período noturno, mesmo satisfeito com a carreira, há algum tempo cultiva o sonho de empreender e ser dono de seu próprio negócio. A ideia é montar sua empresa e empregar toda sua experiência no mercado de imóveis.

A arquiteta Caroline Galliardo, de 30 anos, possui uma robusta carteira de clientes para os quais presta serviços de arquitetura e decoração de interiores em projetos comerciais e residenciais. Há dois anos, em parceria com sócios que traziam experiência em marcenaria, a arquiteta decidiu abrir uma franquia de móveis planejados na cidade e representa a marca catarinense DAICO. Os negócios vão bem, mas Carolina sentiu a necessidade de profissionalizar ainda mais a operação, motivar a equipe, estabelecer metas anuais, entre outras mudanças.

Mentoria

O que esses dois profissionais têm em comum? Ambos foram impactados pela trajetória do empresário Clemilson Correia. Ele começou do zero o empreendimento que hoje fatura milhões: a Buysoft, uma das maiores empresas de software e soluções em TI do Brasil e que figura na lista das 500 empresas que mais crescem nas Américas, de acordo com o Financial Times, nasceu na sala da casa de Clemilson em um momento de transição de carreira, quando muitos não vislumbram uma luz no fim do túnel.

Clemilson, empreendedor de sucesso, ao observar os impactos da crise causada pela pandemia do Covid-19, decidiu direcionar conhecimento para inspirar as pessoas a atingirem o seu melhor desempenho e colocar seus planos em prática. O anúncio da mentoria gratuita foi feito em seu perfil no Linkedin. Os encontros com duração de uma hora são feitos por videoconferência e durante 30 dias o mentorado pode manter contato para tirar dúvidas. O empresário disponibilizou dez vagas para aconselhamentos e mais de 100 interessados se inscreveram.

Os sortudos

Samuel e Caroline foram dois dos sorteados. Além de ouvir atentamente os anseios e objetivos dos participantes, Clemilson compartilhou o direcionamento sugerido para os negócios com base em sua experiência à frente de uma empresa próspera e com foco na valorização de pessoas.

Clemilson destacou que na mentoria eles falam, principalmente, de experiências e de inovação. “Eu trago um material extra, como sugestão de leitura, de vídeos. A gente tenta montar um planejamento juntos. E, depois dessa uma hora de videoconferência, eu libero o número de WhatsApp para que eu possa responder, durante 30 dias, qualquer dúvida e pergunta que essa pessoa tiver”, comenta Clemilson.

Caroline Galliardo além de já conhecer a história de Clemilson, soube da mentoria pelo Instagram e pensou que poderia ser uma excelente oportunidade ter uma mentoria de como tocar o seu próprio negócio “É importante saber como e entender por que estimular a equipe, estabelecer metas, as teorias sobre missão, valor e visão para manter o foco. Foi muito interessante também as dicas de livros e vídeos de empreendedores e influenciadores do mundo todo que ele passou”, frisa Caroline.

Samuel Machado, por sua vez, tem um projeto para empreender no ramo imobiliário, área que atua. Segundo ele, na mentoria, teve a liberdade de escolher um tema, e recebeu dicas de objetivos e estudos. “Como eu já tenho um plano, ele deu algumas orientações, sugeriu cuidados, abriu os olhos para alguns pontos que eu não estava identificando”. “Bem legal e muito proveitosa a mentoria”, conclui Samuel.

Momento

O momento de incertezas provocado pela pandemia tem feito muitos profissionais repensarem suas profissões e como manter os negócios no atual cenário e após ele. Além disso, momentos assim, exigem reflexões e a busca de experiências práticas, por exemplo.

Clemilson, mesmo com a crise posta, teve posicionamento contrário ao movimento de demissão e redução de jornada na Buysoft, por conta da pandemia, por exemplo. “Mesmo sendo uma empresa que precisa estar sempre em desenvolvimento, que é o nosso ‘ganha-pão’ digamos, nosso foco sempre foi nas pessoas”, diz Clemilson Correa.

Além disso, segundo ele, o mesmo conversou com o seu time sobre o que poderíam fazer para ajudar outras pessoas e pensaram, inclusive, em cestas básicas, alimentos. “Eles me abordaram dizendo: ‘Clemilson, você está há mais de 20 anos nesse mercado executivo, já passou por tantas situações, começou um negócio do zero, com certeza tem muita gente passando por dificuldades nos negócios ou, no mínimo, com medo de perder o emprego, que gostaria de ouvir essas experiências’. Eu, então, resolvi entregar dez mentorias”, explicou o empresário.

Também foram tomadas outras ações solidárias na Buysoft em razão do cenário. Logo no começo da pandemia a Buysoft em parceria com grandes players internacionais, decidiu ajudar sociedade em sua área de expertise, a de tecnologia. A empresa passou a oferecer treinamento e suporte gratuitos para sistema de trabalho remoto para os sistemas Microsoft Teams e de Adobe Creative Cloud.

Escrito por Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade.
Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

getty-images-contara-com-fotografos-profissionais-no-segmento-de-esports

Getty Images contará com fotógrafos profissionais no segmento de eSports

fusao-de-empresas-consolida-mercado-de-contabilidade

Fusão de empresas consolida mercado de contabilidade