Elon Musk construiu um “submarino” para resgatar crianças da Tailândia

Dispositivo provavelmente não será necessário, mas Elon Musk está enviando para a Tailândia apenas no caso.

 

Mergulhadores na Tailândia já resgataram quatro dos 12 meninos que ficaram presos, junto com seu técnico, em uma caverna inundada. E eles estão esperando para resgatar o resto nos próximos dias. Mas enquanto isso, Elon Musk continuou trabalhando em estratégias alternativas que os mergulhadores poderiam usar se o mergulho convencional se mostrar muito difícil para os garotos restantes.

No sábado, Musk concordou com a ideia de construir “um pequeno submarino do tamanho de um garoto usando o tubo de transferência de oxigênio líquido do foguete Falcon como casco”. Ele ordenou que os engenheiros da SpaceX começassem a construir o dispositivo, dizendo que ele poderia estar pronto até o final do dia no sábado.

Elon Musk / Space X

 

Quando as autoridades tailandesas já haviam começado a operação de resgate, sem a ajuda de Musk, a tecnologia provavelmente não seria necessária. Mas Musk decidiu continuar de qualquer maneira, twittando que “mesmo que não seja útil aqui, talvez seja em uma situação futura”.

No domingo, ele postou fotos do dispositivo concluído, e completando:

“Testado por mais 3 horas em LA, então é para um avião rumo a Tailândia”, Musk twittou na noite de domingo, horário da Califórnia.

Atualização: O tubo é muito estreito. Alguns diagramas on-line mostram uma passagem estreitando-se até 38 cm – cerca de 15 polegadas – em seu ponto mais apertado. Perguntamos a Musk se o cilindro realmente caberia em um espaço tão pequeno e ele respondeu no Twitter que o cilindro tinha 31 cm de largura – pouco mais de 30 cm.

Isso obviamente seria muito estreito para muitos adultos se espremerem, mas talvez seja grande o suficiente para os adolescentes tailandeses – especialmente os mais jovens – entrarem.

FONTE Original: ARS Technica

NOSSO CANAL NO TELEGRAM NOSSO TWITTER NOSSA PAGE NO FACAEBOOK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *