HardwareSegurança

3 Dicas para Evitar Vírus em Dispositivos USB

0

Os dispositivos como pendrives e cartões de memória são grandes facilitadores da vida moderna: permitem-nos carregar gigas e mais gigas de informações sem muito esforço.

Mesmo com o advento do armazenamento em nuvem, os pendrives não perderam seu espaço. Continuam sendo úteis para quem precisa passar informações de um PC para outro, sem necessidade de uma conexão com a internet.

Mas toda essa facilidade pode criar brechas de segurança, já que existem vírus criados especificamente para infectar dispositivos USB. Eles se ocultam nos arquivos e silenciosamente passam de uma máquina para outra, contaminando e trazendo problemas.

Geralmente acontece quando você utiliza uma máquina pública em lan houses ou até mesmo o PC de um amigo que já está infectado, mas sem o seu conhecimento. Um pendrive nessas condições pode conter vírus, spyware, malwares e outros tipos de ameaças que ficam ocultas dentro do seu aparelho.

Pensando nisso, separamos 3 dicas para você manter seu dispositivo USB sempre protegido. Confira!

1. Blinde seu Dispositivo

Uma forma de evitar a instalação de vírus é não permitindo o acesso à escrita. O “modo leitura” impede que arquivos sejam gravados na ferramenta, somente lidos.

Em cartões de memória esse modo é ativado por uma trava que fica na parte lateral do cartão, bloqueie sempre que for inserir o cartão em máquinas públicas.

Nos pendrives isso não é possível, pois eles não possuem essas travas manuais, mas uma saída é utilizar softwares de bloqueio de escrita que executam muito bem essa função.

3 Dicas para Evitar Vírus em Dispositivos USB

2) Restrinja o Acesso aos Seus Arquivos

O que aconteceria se você perdesse seu dispositivo? Todos os dias pessoas esquecem seus pendrives em lan houses, deixam cair em lugares públicos ou, até mesmo, são roubadas e seus arquivos mais importantes podem cair em mãos erradas.

Uma forma de evitar isso é utilizando um software para criptografar seus arquivos e colocar uma senha de acesso, assim você pode ficar despreocupado caso acabe perdendo seu dispositivo.

3) Faça uma Varredura

Está com dúvida se o seu pendrive foi infectado? Faça uma limpeza nele utilizando o melhor antivírus para realizar uma varredura completa e repita a operação regularmente.

Outra dica importante: evite utilizar seu dispositivo em locais suspeitos. Em alguns casos é possível “vacinar” o pendrive com antivírus, evitando que a reprodução automática (autorun) seja ativada e abra caminho para a infecção do aparelho.

Gostou das dicas? Conhece mais alguma forma de proteger dispositivos USB? Compartilhe com a gente nos comentários!

Certificação Digital da Serasa Experian vai disponibilizar conteúdo especializado da Sage para clientes e parceiros

Previous article

Disney usa IA para corrigir preconceito de gênero em seus filmes

Next article

You may also like

More in Hardware