Toda a crise gerada pela pandemia provocou uma grande dúvida no setor social e econômico, no qual as proporções tomadas pelo vírus exige ainda mais das autoridades sanitárias, ao mesmo tempo em que o governo busque alternativas para não parar a economia. Entretanto, os investidores ficam em dúvida: parar os seus serviços durante a pandemia ou lucrar com a crise gerada? No atual cenário, a segunda opção surge como uma excelente oportunidade.

Sem dúvidas a pandemia criou um certa instabilidade no mercado financeiro. Apenas em março, quando a COVID-19 avançou em todo o mundo e teve início a quarentena no Brasil, a bolsa de valores acumulou queda de 29,9% – nos três primeiros meses de 2020, desvalorizando em 36,88%.

Oportunidade de investimentos

As consequências do covid-19 na economia, por exemplo, altera o preço dos ativos financeiros, caindo de valor, mais consequentemente impulsionando os investimentos, com mais igualdade, menos downside (espaço para cair) e um maior upside (espaço para subir). Além disso, com as taxas de juros em baixa, o cenário torna-se favorável para investimentos de riscos, entretanto, com maiores possibilidades de lucros.

Porém, nunca se dever investir seu dinheiro em um único negócio, onde a alternância de investimentos servem para diminuir as perdas. Tenha um estoque de investimentos, como um fundo DI renda fixa simples, que investe apenas em títulos Tesouro Selic, para cobrir necessidades de curto prazo e também aproveitar oportunidades que apareçam.

Ações no mercado financeiro

Aos poucos você pode adquirir ações e, havendo queda no mercado, você tenha reserva para investir melhor. E mantenha a margem por um longo período, não torre seu dinheiro em ações a curto prazo. Como no mercado financeiro há muita alteração no preço as ações, manter a paciência será importante, já que antes de você começar a lucrar, as ações podem cair de preço.

Em levantamento feito em março de 2020, com a base de usuários do aplicativo Fliper, que consolida investimentos de bancos e corretoras de forma automática, mostrou que com a crise gerada na pandemia, eles aproveitam a crise para investir e lucrar em ações em baixa, pensando nos lucros futuros.

Aumentando as opções de investimentos

Além disso, quatro categorias de renda fixa entraram na mira dos brasileiros. Entre as ações, além da ITSA4, os usuários também buscaram ações da PETR4 (Petrobras PN N2) e da VVAR3 (Via Varejo ON NM). No ranking de fundos de ações, além do Alaska Black, destaque para a Equitas Selection e Brasil Capital 30. Já entre os fundos multimercados, as três primeiras posições são de Bahia Marau, Kapitalo Kappa e Gripen (SPX Nimitz). Por fim, no ranking dos fundos imobiliários, VISC11 (Vinci Shopping Centers) ocupa a primeira posição na preferência, seguido por XPML11 (XP Malls) e HGLG11 (CSHG Logística).

Os ativos mencionados são alguns dos investimentos feitos pelos brasileiros, onde não se recomenda investimentos. Ações, fundos imobiliários e multimercados envolvem ativos de renda variável e possuem risco. Procurar ajuda de um consultor para tomar decisões é importante.

Circunstâncias que requerem cuidado, mas que ao mesmo tempo é uma ótima oportunidade de gerar lucros. Basta ter planejamento, cuidado e estratégia. Sendo assim, parar de reclamar dos problemas durante a pandemia, pode se tornar uma grande oportunidade de aumentar seus lucros.