Com a chegada da grande atualização do Windows 10, a versão 1803, a Microsoft vai fazer algumas grandes mudanças na forma de como vende o software no OEM. E uma delas é a versão Windows 10 S que deixará de existir.

Atualmente o Windows 10 S é umas das versões do Windows 10, e essa é baseada na versão PRO do mesmo, que é uma versão em que se tem algumas facilidades para administradores, como a restringir o acesso a algumas funcionalidades do sistema e como instalar softwares fora da Store da Microsoft.

E o Windows 10 S vem com essas opções “setadas” como padrão, como baixar e instalar apps fora da Store, bem como não podendo usar a linha de comando, o PowerShell e o modo Linux dentro do Windows.

Segundo dados da Microsoft, 60% dos usuários que usam o Windows 10 S permanecem na versão “bloqueada”, e destes, 83% ficam no sistema depois de uma semana. Dos que mudam para alguma versão acima, 60% fazem isso dentro de 24h.

Atualmente, só se pode atualizar do Windows 10 S para a versão PRO. O que acarretava uma nova formatação da maquina com a nova chave a partir da versão HOME.

Alguns preços, informações sobre o Windows 10

E quem for migrar da versão S Home para a Home, não pagaria nada, mas se fosse da S PRO para a PRO, pagaria em torno de US$49. E também a rumores de que a versão Enterprise teria o tal “modo S”.

E segundo informações, o modo S permitira a instalação de alguns aplicativos, como antivírus e programas de segurança. Mas a instalação de drivers e afins não ficou clara.

[su_button url=”https://arstechnica.com/gadgets/2018/02/windows-10-s-becoming-a-mode-not-a-version-as-microsoft-shakes-up-its-pricing/” target=”blank” text_shadow=”0px 0px 0px #000000″ rel=”nofollow”]FONTE : ARS TECHNICA[/su_button] [su_button url=”https://t.me/blogtechnotec” target=”blank” text_shadow=”0px 0px 0px #000000″ rel=”nofollow”]CANAL NOSSO NO TELEGRAM[/su_button]