Mundo Geek

Crescimento dos marketplaces

0

Segundo um estudo atual desenvolvido pela Precifica, empresa especializada em monitoramento de preços no e-commerce, mostrou que houve um crescimento de 90,7% no número de lojas nessa plataforma.

Esse aumento foi atribuído principalmente pela entrada de novos vendedores, sendo que 61% do total operam em shoppings virtuais há menos de um ano.

Dessa maneira, o crescimento de lojistas vem crescendo de forma espantosa nesse modelo, mostrando que os marketplaces possuem ainda uma capacidade de expansão razoavelmente alta.

As categorias que mais se destacam nessa modalidade são móveis e decoração, Esporte e lazer e Utilidades domésticas. Sendo que Móveis e decoração conta com um total de 3.962 lojistas, Esporte e Lazer possuem 3.794 enquanto Utilidades domésticas têm 3.754 inscritos.

O departamento automotivo aparece na quarta colocação com 3.174 lojistas inscritos enquanto que o setor de informática fecha o Top 5 com 3.079 lojas na plataforma.

Para se ter uma ideia do crescimento do setor, o número de produtos oferecidos em setembro de 2017 foi de 6,3 milhões e no mesmo período de 2018 foi de 8,9 milhões.

Isso representa um crescimento de aproximadamente 40,2% em um único ano, e se comparado à economia tradicional, mostra que estamos realmente vivendo tempos de profunda mudança comportamental

O advento de novos compradores

Um dos dados mais estimulantes que mostram que realmente o e-commerce veio para ficar, é que a cada ano aumenta o número de novos compradores, tanto nos marketplaces quanto nos aplicativos móveis.

Segundo o relatório Atlas, no ano de 2017, 41,5% das operações registradas de compras online foram realizadas por novos compradores. Um dado que deve ser levado em consideração que garante que os crescimentos futuros serão ainda maiores está relacionado aos hábitos da nova geração.

A principal faixa etária consumidora está entre 30-50 anos de idade. Esse fato é condizente, pois, é nesta idade que a pessoa já está mais estabilizada no mercado de trabalho e com maior poder de consumo.

Se considerarmos que dentro de faixa etária uma grande parte ainda tem restrições pela compra online, vemos que o comércio varejista físico embora venha apresentando resultados negativos ano a ano ainda abocanha uma grande fatia.

Todavia, quando pensamos em um prazo de 10 a 20 anos à frente, onde as faixas etárias de 40 a 50 anos deixarão de fazer parte de uma grande fatia de consumo, e as faixas de 10 a 20 anos passarão a consumir efetivamente a situação pode sofrer uma brusca transformação.

Isso ocorre porque a nova geração é mais familiarizada com a tecnologia, e ainda não realiza compras efetivamente, justamente pela dependência financeira que trazem dos pais.

Entretanto, quando passarem a realizar as suas próprias compras, farão isso sem sombra de dúvidas completamente online.

2 Dicas para se posicionar bem no mercado online

Como o crescimento do comércio eletrônico vem sem dúvida alguma crescendo a passos largos no Brasil e também no mundo. A transformação nos hábitos de consumo dos clientes vem a cada dia mudando a forma de comercializar, e se comunicar.

Se há bem pouco tempo atrás você só conseguiria adquirir um produto se deslocando até uma loja física, hoje certamente essa realidade mudou bastante.

As pessoas estão cada vez mais realizando compras através dos seus dispositivos móveis, por vários aplicativos, inclusive pelo WhatsApp.

Pensando nisso, separamos algumas dicas exclusivas para você que está querendo começar no mercado virtual, lembre-se que a Shopify oferece um programa de parcerias para trabalho freelancer.

Escolha muito bem o seu produto

A primeira etapa antes de começar uma loja virtual é escolher muito bem o produto que você pretende vender. Saber o preço que os concorrentes estão praticando, a forma de pagamento, o prazo de entrega, garantia, entre outras variáveis que podem comprometer as suas vendas.

Essa é a etapa fundamental, pois um bom produto com um preço atrativo e boas condições de pagamento já abrirão as portas para você.

Lembre-se, que embora o marketing digital tenha evoluído nos últimos anos e novas vertentes tenham surgido os 6 P´s do Marketing ainda continuam soberanos, sendo eles:

  • Praça;
  • Preço;
  • Prazo;
  • Produto;
  • Propaganda;
  • Promoção.

Nesse sentido, o que antes era um diferencial, hoje é pré-requisito para entrar no mercado, e os 6 P´s do Marketing tornaram-se basicamente um pré-requisito para sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo.

Defina muito bem a sua logística de operação

Após definir qual será o seu mix de produto, preço, prazo, como será feito a propaganda e a promoção do seu negócio é deveras importante deixar muito bem definida a sua logística de operação.

Desse modo, pensar em todos os pormenores, desde quando o pedido chegar até a encomenda do produto junto ao fornecedor e a entrega ao cliente, precisa estar bastante alinhada essa logística.

Afinal, o prazo proposto na entrega do produto não poderá sofrer atrasos, caso contrário o cliente irá certamente não comprar mais em sua loja virtual e ainda por cima poderá contribuir para uma propaganda negativa do seu negócio.

Com tudo isso bem definido, chegou o momento de realmente tirar a sua loja virtual do papel e colocá-la em prática.

Saiba como clonar facilmente o seu HD (Disco Rígido) com o EaseUS Disk Copy Pro

Previous article

Review – Banco Next 2019

Next article

You may also like

More in Mundo Geek