Mundo Windows

Microsoft lança novas atualizações que podem quebrar o Windows 10

0
Microsoft lança novas atualizações que podem quebrar o Windows 10

Versão nova, problemas antigos, A Microsoft acaba de anunciar maus uma atualização cumulativa para seu sistema operacional. Assim, as novas atualizações do Windows 10 como parte do ciclo Patch Tuesday de maio de 2019. Porém, como acontece todos os meses, a versão inclui não apenas correções e melhorias de segurança, mas também vários problemas conhecidos. Porém, muito cuidado. A Microsoft lança novas atualizações que podem quebrar o Windows 10.

Os dispositivos do Windows 10 October 2018 Update (versão 1809) recebem a atualização cumulativa KB4494441. Os que executam o Windows 10 April 2018 Update (versão 1803) precisam instalar a atualização KB4499167.

Os problemas conhecidos que podem quebrar o Windows 10

Microsoft lança novas atualizações que podem quebrar o Windows 10

Primeiro de tudo, vamos ver o que KB4494441 poderia quebrar no seu dispositivo. Esta atualização vem com quatro problemas conhecidos listados em sua página oficial do KB (link acima), e todos são emprestados das atualizações cumulativas anteriores.

O primeiro bug causa problemas com o PXE (Preboot Execution Environment) ao iniciar um dispositivo a partir de serviços do WDS (Serviços de Implantação do Windows) com Variable Window Extension.

Em seguida, essa atualização divide certas opções, como renomear, em arquivos ou pastas armazenadas em um CSV (Cluster Shared Volume), enquanto o terceiro bug faz com que a impressão do Microsoft Edge e de outros aplicativos UWP falhe com erro “Sua impressora experimentou um problema inesperado de configuração. 0x80070007e. ”

E por último, depois de instalar esta atualização, você pode acabar incapaz de usar alguns pacotes de idiomas asiáticos.

Hoje, a Microsoft também reconheceu um quarto bug que faz com que a atualização cumulativa KB4494441 seja instalada duas vezes em dispositivos Windows 10.

No caso do KB4499167 , há dois problemas conhecidos que os usuários podem experimentar após a instalação.

O primeiro é o problema de PXE detalhado acima, enquanto o segundo é o mesmo bug de CSV. Ele torna impossível executar determinadas operações com arquivos e pastas, como renomear.

Todas essas questões devem ser corrigidas “em um próximo lançamento”, como a própria Microsoft coloca. Porém, isso está sem previsão de quando deve ocorrer.

Portanto, cuidado com  essa medida da Microsoft que lança novas atualizações que podem quebrar o Windows 10.

Bug obriga Microsoft a lançar correção de emergência para Windows XP

Previous article

Google desiste do sonho de rodar o Windows 10 em Chromebooks

Next article

You may also like