Microsoft compra o Github por US$7,5 Bilhões

Depois de vários rumores, a Microsoft finalmente concretizou a compra da empresa Github por incríveis US$7,5 Bilhões nessa segunda-feira (4).

 

Mais uma notícia estrondosa no mundo da tecnologia aconteceu nessa segunda (4). Depois de vários rumores e especulações, a Microsoft comprou o Github que é a plataforma líder mundial em compartilhamento, aprendizado e colaboração no desenvolvimento de softwares, e tem como empresas e desenvolvedores famosos como: Linus Torvalds, Facebook, Google, IBM, PayPal, Airbnb, Twitter, Microsoft, Apple, Amazon entre outras.

O valor a ser pago pela Microsoft para o Github será através de ações, e a finalização do acordo de compra ainda depende das agencias regulatórias dos EUA que deve acontecer nos próximos meses. E segundo rumores esse “namoro” já vinha sendo “esquentado” desde o começo de 2016. E assim a Microsoft compra o Github.

Microsoft compra o Github

 

Atualmente existem mais de 85 milhões de repositórios hospedados e com 28 milhões de desenvolvedores no Github. Antes dessa aquisição a Microsoft já tinha tentado ter o seu próprio “Github”, chamado de Codeplex, mas descontinuo ele em dezembro do ano passado e assim se tornando o maior contribuidor do Github agora.

O agora CEO do Github e fundador da Xamarin, Nat Friedman, se reportará para o chefe do Microsoft’s Cloud and AI, Scott Guthrie. E o antigo CEO e co-fundador do Github, Chris Wanstrath, agora se tornara uma membro técnico da Microsoft e também se reportando para Guthrie.

Quem não gostou nada disso foi a comunidade de desenvolvedores, que em sua grande maioria hospedava os seus projetos no Github pois tinha um ambiente, segundo nas palavras deles “livre, seguro, eficiente e sem interferência”, e que agora com a compra do mesmo isso pode-se perder ao longo do tempo, como aconteceu com o Skype e com a linha de celulares da Nokia (quando adquirida).

E um movimento atípico foi a migração pro concorrente do Github, o Gitlab. Segundo os administradores do site, os desenvolvedores estão transferindo os seus repositórios para o serviço, acarretando um aumento de 10x do fluxo normal.

Agora é esperar pra ver se realmente o Github vai melhorar ou piorar com a compra da Microsoft. E diga ai nos comentários o que você sobre isso.

FONTE: BLOG GITHUB ; VENTUREBEAT ; THE VERGE

NOSSA PAGE NO FACAEBOOK  NOSSO TWITTER  NOSSO CANAL NO TELEGRAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *