AplicativosMundo Android

Google retira o CamScanner da Google Play

0
Google retira o CamScanner da Google Play

Um dos programas mais populares da Google Play Store,  o CamScanner, precisou ser retirado da loja. Tudo por conta de uma malware no Android que afetou seriamente o aplicativo. O CamScanner é um popular aplicativo para digitalizar documentos com a câmera. De acordo com o Google, a remoção foi feita após a descoberta de um malware dentro do app. Assim, o Google retira o CamScanner da Google Play.

Porém, foram os pesquisadores da Kaspersky que deram o alerta. Por enquanto, a primeira medida de precaução do Google foi a retirada do aplicativo da loja até ficar claro o  que está acontecendo. No entanto, há mais detalhes sobre o caso.

Em nome da segurança, Google retira o CamScanner da Google Play

Google retira o CamScanner da Google Play

O CamScanner tem um grande número de downloads e isso é valioso, considerando que há muita concorrência que oferece uma função semelhante dentro da Google Play Store. A verdade é que um grande número de downloads nem sempre é sinônimo de segurança e este pode ser o caso.

Os pesquisadores da Kaspersky descobriram neste aplicativo uma espécie de cavalo de Tróia.  Ele vem camuflado em uma biblioteca de anúncios que continha um módulo malicioso. Um “problema” que foi adicionado em uma das atualizações recentes do aplicativo.

CamScanner é um aplicativo gratuito. Porém, tambéwm existe uma versão paga. Portanto, o risco pode ser maior que o inicialmente descoberto. O problema é que na versão mais recente a ferramenta Kaspersky detectou este módulo como “Trojan-Dropper.AndroidOS.Necro.n”, algo semelhante ao que aconteceu em alguns smartphones chineses.

Como explicam, o funcionamento desse malware é

extrair e executar outro módulo malicioso a partir de um arquivo criptografado incluído nos recursos do aplicativo. Esse malware descartado, por sua vez, é um Trojan Downloader que baixa mais módulos maliciosos, dependendo do que que seus criadores estão fazendo agora. 

Como o malware atua?

uma aplicação com este código malicioso pode mostrar anúncios intrusivos e registrar usuários para assinaturas pagas.

Assim que a ameaça foi descoberta, os pesquisadores da Kaspersky relataram as descobertas ao Google, e a empresa tomou a decisão de remover o aplicativo da Google Play Store. Portanto, se você tentar encontrá-lo na loja, verá que ele não existe.

Aparentemente, a versão paga do aplicativo CamScanner não inclui a biblioteca de publicidade de terceiros. Assim, esta não seria afetada. Por isso, ainda está na Google Play Store. A versão gratuita, no momento, não está disponível.
A loja de aplicativos do Google tem um sistema, o Google Play Protect, que analisa aplicativos frequentemente para procurar ameaças. Porém, situações como essa mostram que ainda há muito trabalho a ser feito. Resta ver quais são as alegações dos desenvolvedores do CamScanner e como eles  resolvem essa situação para que o CamScanner apareça novamente na Google Play Store.

Fonte Kaspersky e Xataka Android

Novos recursos que estão chegando ao Microsoft Edge

Previous article

Apresentamos o YouTube.com/Fashion! Destinado a conteúdo de moda e beleza!

Next article

You may also like

More in Aplicativos