Conheça os 10 Processadores que mudaram a computação

Os processadores têm percorrido um caminho muito longo em um tempo muito curto. Os processadores passaram do processamento de 4 bits para 8 bits para o processamento de 64 bits e estão ganhando cada vez mais núcleos em uma única peça de silício. Eles se tornaram menores, mais eficientes e mais poderosos do que poderíamos imaginar.
Confira os 10 Processadores que mudaram a computação!

1 – Intel 4004

Intel 4004
O Intel 4004 de 1971 foi projetado para calculadoras, mais especificamente para as calculadoras Busicom 141-PF, não para computadores, mas o 4004 de 4 bits foi o primeiro processador comercialmente disponível e responsável por despertar uma gigante chamada Intel.

2 – Intel 8080

Intel 8080
O 4004 foi seguido pelo processador 8008 de 8 bits, mas o Intel 8080 de 1974 foi o próximo grande salto proporcionado pela Intel- era muito utilizado pelo CP/M, o primeiro sistema operacional padrão de computadores pessoais e alimentava os primeiros PCs como o Altair 8800.

3 – Intel 8086

Intel 8086
Se você está lendo isso em um PC ou um Mac, este é o avô do seu processador ou avó. O Intel 8086 de 1978 foi o processador do IBM PC original e do amplamente imitado IBM PC XT. Foi o responsável por introduzir a arquitetura 8086 que a Intel usaria como base para todos os seus processadores x86.
Além de ser utilizado em máquinas da IBM, o Intel 8086 foi utilizado no Xerox NoteTaker, um dos primeiros PCs portáteis, no Wang Professional Computer e em muitos outros PCs.

4 – MOS 6502

MOS 6502
Você pode não reconhecer o nome, e não era realmente nada especial nas estacas tecnológicas – mas você quase certamente usou o 6502. O MOS 6502 oferecia tudo o que o processador Motorola 6800 poderia fazer a um custo muito menor, o processador da MOS Technology foi utilizado no Apple I e II, Atari 2600, Nintendinho, e em muitos outros equipamentos.

5 – Zilog Z80

O Z80 foi baseado no Intel 8080, mas vendeu melhor porque fez muito mais por menos dinheiro. Ele foi utilizado por muitos equipamentos diferentes e de formas diferentes, por exemplo, foi utilizado como co-processador dos consoles Master System e Mega Drive, era o responsável pelo processamento de som nas placas de arcade CPS-1 e CPS-2 da Capcom e era o processador principal do Gameboy “Tijolão” da Nintendo.
Devido a sua grande variedade, custo e beneficio, desde o final dos anos setenta até meados dos anos oitenta, o Zilog Z80 tornou-se o processador mais utilizado de todos os tempos.

6 – Motorola 68000

Motorola 68000
Em 1979, o Motorola 68000 era uma obra de arte: era o processador mais rápido disponível, e está em uso até os dias de hoje. Este processador foi o coração do Macintosh original, bem como do Atari ST e Commodore Amiga, e assim como o Zilog Z80, também foi utilizado em consoles e em arcades. Hoje o Motorola 68000 é incorporado em dispositivos industriais e em instrumentos científicos.
7 – AMD Opteron
AMD Opteron
Lançado em 2003 e projetado para servidores e desktops, o Opteron pode executar aplicativos de 32 bits sem penalidades de velocidade, além de executar aplicativos de 64 bits. Em comparação, o desempenho do Intel Itanium sofreu gravemente ao realizar operações de 32 bits.
A arquitetura do Opteron, o x86-64, é agora o padrão para processadores de 64 bits.

8 – AIM PowerPC

AIM PowerPC
O PowerPC nasceu da união das empresas Apple, IBM e Motorola, em 1992, como uma resposta ao grande e rápido crescimento da Microsoft e Intel no mercado de computadores.
Muitos dispositivos famosos utilizam o PowerPC como o Xbox 360, Nintendo Wii e Wii U, e claro, os produtos Apple como Power Macintosh, PowerBook, iMac e iBook.
Entretanto, o caso de amor da Apple com os processadores PowerPC durou oficialmente até 2005, quando a Apple anunciou que o inferno tinha congelado e que estava movendo os futuros Macs do PowerPC para processadores Intel.

9 – IBM POWER4

IBM POWER4
Muito provavelmente você não deve conhecê-lo, ou nunca se quer ouviu falar desse processador. Mas o IBM POWER4, lançado em 2001, tem uma importância absurda pelo simples fato de ter sido o primeiro processador multinúcleo (multi-core) da história e o principal responsável por influenciar no nascimento dos processadores multi-core.
O IBM POWER4 possuía 2 núcleos PowerPC de 64 bits cada um, e ele não é conhecido pelo grande publico por ter sido projetado para o mercado de servidores e de supercomputadores.

10 – ARM7

A Acorn Computers criou o projeto Acorn RISC Machine na década de 1980, gerando o computador Acorn Archimedes, e que por sua vez levou à criação do Advanced RISC Machines Ltd, ou simplesmente ARM.
Hoje conhecemos o ARM como um dos processadores mais utilizados do mundo, estando presente em 95% dos smartphones, bem como em SmartTVs, tablets e todos os tipos de dispositivos portáteis. A família de processadores ARM7 de 1994 foi o projeto que realmente decolou, tornou-se a família de processadores embutidos de 32 bits mais utilizados no mundo, com mais de 10 bilhões de unidades vendidas até o momento.
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *