Aplicativos

Chrome dá adeus aos bloqueadores de anúncios

0
Chrome dá adeus aos bloqueadores de anúncios 

Desde janeiro deste ano, estamos falando sobre as mudanças que o Google estava fazendo no Chromium em relação aos bloqueadores de conteúdo. A chave para eles, coletada em seu Manifest V3, é que eles podem desaparecer como os conhecemos. Assim, o Chrome dá adeus aos bloqueadores de anúncios.

Os argumentos do Google estavam do lado da privacidade, segurança e desempenho, o que seria melhorado pela restrição das funções de bloqueio do webRequest . É a API que ainda permite que as extensões interceptem solicitações de rede, bloqueando-as para modificá-las ou redirecioná-las.

Com WebRequest, a alternativa que o Google tem levantado é DeclarativeNetRequest. Ele permite que o Google decida tudo sobre a gestão das solicitações de rede. Isso elimina o grande poder das extensões, permitindo apenas observar os pedidos. O Adblock Plus, por exemplo, ainda funcionaria, para usar o bloqueio mais simples, mas não o uBlock Origin, por exemplo.

Importante lembrar que o Google é um grade player nas propagandas  de internet.

Chrome dá adeus aos bloqueadores de anúncios

Chrome dá adeus aos bloqueadores de anúncios 

De acordo com o  9to5Google , o Google respondeu a várias das dúvidas. Entre as quais se destacam:

O Chrome removerá os recursos de bloqueio da API webRequest no Manifest V3, não da API webRequest inteira (embora o bloco esteja disponível para versões corporativas.

Ou seja, confirma- se o que se sabe. Os bloqueadores não serão tão poderosos quanto antes. Apenas os usuários corporativos do Chrome podem continuar usando o bloqueio. Isso nos leva a questionar quais são os reais objetivos de dizer adeus à API. Presume-se que os usuários de negócios também precisam de melhorias no desempenho, privacidade e segurança.

Sobre o número de regras que irá permitir que a nova API, que anteriormente tinha sido fixado em 30.000 em listas de bloqueio. Este valor é considerado insuficiente. No entanto, esse valor podeaumentar. Porém, tudo depende de testes de desempenho para encontrar um limite que funcione em todos os dispositivos compatíveis .

Em conclusão, não podemos dizer que tudo ficará igual. E há outro agravante. O novo e limitado sistema DeclarativeNetRequest , além de ser mais lento, permite que o Google colete os dados que bloqueamos. Assim, eles levam grande vantagem em relação à publicidade, que é o que impulsiona a empresa. As mudanças propostas são para o Chromium, então você tem que ver qual posição usar o Opera, Brave, Edge ou Vivaldi.

Microsofot 365 inclui Microsoft Search e Windows Terminal

Previous article

Ações da Apple caem drasticamente

Next article

You may also like

More in Aplicativos