in

10 dicas para manter a saúde mental no “novo normal”

Funcionários continuarão em trabalho remoto mesmo após pandemia, e sua saúde mental, como fica?

10-dicas-para-manter-a-saude-mental-no-novo-normal

É, parece que os escritórios estão com os dias contados. Mesmo com o relaxamento do isolamento social, algumas empresas ainda querem seus funcionários em trabalho remoto. Mas, manter a saúde mental nesse contexto ainda é um pouco difícil para algumas pessoas.

Algumas multinacionais como Johnson & Johnson, Google e as nacionais Ambev e Nubank, pretendem manter boa parte dos seus funcionários trabalhando de forma remota mesmo depois da pandemia. A pandemia parece ter acelerado o modelo de trabalho que, depois de “adaptar” seus funcionários, as empresas parecem ter percebido maior produtividade e redução de despesas.

Por outro lado, os funcionários em trabalho remoto há cerca de 3 meses, vêm enfrentando algumas dificuldades para organizar e se adequar à nova forma de trabalhar. Afinal, não é só o trabalho que vem tomando o tempo deles. Os afazeres domésticos também aumentaram, já que as pessoas estão mais em casa. E quem tem filhos, então, está tendo que se virar para dar conta de tanta atividade ao longo do dia.

“A produtividade com certeza é outra dificuldade”, garante Tathi Deândhela, especialista no segmento e autora do livro “Faça o tempo enriquecer você”, que mostra como eliminar os ladrões do tempo e conquistar mais prosperidade: “Reuniões infinitas, com um excesso de pessoas envolvidas, sem foco, bate papo e fofoca nos corredores, cafezinho seguido do cigarro acabaram. O que ganha força agora é a preocupação com o bem-estar e a saúde mental dos funcionários”, destaca.

As empresas estão se atentando para a adaptação definitiva de seus colaborares em casa e mantê-los saudável é uma regra do novo normal. Assim, a especialista Tathi Deândhela dá dicas para manter a saúde mental nesse novo normal.

10 dicas para um home office e trabalho doméstico saudáveis e longínquos

  1. Escolha o melhor lugar da casa para trabalhar, um espaço que tenha ótima iluminação e ventilação, pois é lá que você vai ficar por pelo menos 8 horas.
  2. Equipe sua casa com a tecnologia que atenda a todos. Lembre-se que os filhos dividem a conexão na hora das aulas on-line e durante o dia nos jogos. Brigar por sinal de internet é muito desgastante e não há data para que as escolas voltem a funcionar.
  3. A questão ergonômica é vital. Tenha cuidado com a qualidade da cadeira, adote uma que encoste bem as costas, pense na estrutura da mesa, utilize monitor na altura dos olhos e providencie uma excelente iluminação.
  4. Faça pausas durante o expediente residencial. A cada duas horas dê uma volta pela casa, brinque com o cachorro, converse com os filhos. Isso ajuda a ser mais produtivo.
  5. Se você fazia ginástica na hora do almoço ou voltando do trabalho, use os aplicativos gratuitos disponíveis para praticar alguma atividade física no ambiente doméstico.
  6. Meditar também tem sido uma das ferramentas mais indicadas para manter a saúde mental. São dezenas de opções gratuitas para a prática mindfulness.
  7. Cuide da alimentação, do sono, da higiene, tire o pijama para trabalhar, arrume-se como se fosse para o escritório físico.
  8. Tenha hora para começar e encerrar o expediente de trabalho em casa. O descanso é vital para o bem-estar e saúde mental, evitando o esgotamento.
  9. Se em um determinado dia nada dá certo, tudo vai contra o que você tinha planejado, sua cabeça está em Marte, entenda que você pode dar um tempo. Pare, respire, tire até um cochilo. Permita-se recomeçar.
  10. Tire férias. Não dá para viajar, mas é uma oportunidade de se dedicar mais à família, ao namorado ou a você mesmo. Faça um curso que fuja da sua rotina, de comida japonesa, de maquiagem, de psicologia, enfim, algo que possa recuperar seu cansaço mental.

Mantenha-se saudável, antes de executar qualquer trabalho!

Escrito por Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade.
Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

faturamento-de-74-das-lojas-de-shoppings-tem-queda-superior-a-90

Faturamento de 74% das lojas de Shoppings tem queda superior a 90%

empresas-inovadoras-e-investimentos-em-pesquisa-crescem-em-segmentos-de-tecnologia-da-informacao

Empresas inovadoras e investimentos em pesquisa crescem em segmentos de Tecnologia da Informação