Grupo de advocacia pede ao Facebook que remova o “Messenger for Kids”

O grupo afirma que provavelmente “prejudicará o desenvolvimento saudável das crianças”.

 

O Facebook começou a lançar o seu aplicativo Messenger for Kids em dezembro passado, oferecendo um aplicativo autônomo com controles parentais integrados. O aplicativo está disponível nos tablets iOS e Android Fire e permite que as crianças menores de 13 anos conversem com contatos aprovados. Como você pode imaginar, no entanto, os grupos de defesa da criança têm tido problemas com isso. Em uma carta a Mark Zuckerberg, a Campanha para uma Infância Livre de Comércio expressa que “este novo aplicativo prejudicará o desenvolvimento saudável das crianças”.

ALERTA

Os adultos têm dificuldade em administrar relações on-line, disse a carta. As crianças mais novas, então, “simplesmente não estão prontas para ter contas de redes sociais”. Crianças, a carta indicada, na verdade não têm uma compreensão completa da privacidade e do que (e não) compartilham on-line com outras pessoas. Ele cita estudos que mostram que o uso de mídia pelos adolescentes está relacionado à depressão, à diminuição da satisfação com a vida e às questões de imagem corporal.

Um aplicativo expressamente para o conjunto de menos de 13 provavelmente aumentará a quantidade de tempo que as crianças mais novas passam com dispositivos digitais, disse a carta, que pode acabar deslocando as interações face a face “que são cruciais para a construção de habilidades de desenvolvimento saudáveis, incluindo a capacidade de ler a emoção humana, atrasar a gratificação e se envolver com o mundo físico “.

Embora a linguagem possa parecer alarmista, as preocupações são provavelmente legítimas. Empresas como Apple, Google e Disney têm maneiras diferentes de ajudar os pais a gerenciar o acesso de seus filhos ao tempo de tela já, e até mesmo os investidores da Apple estão começando a se preocupar com o tempo excessivo no mundo digital. Não é provável que o Facebook matará o Messenger Kids por qualquer coisa, exceto um motivo de negócios, embora a empresa tenha dito que criou o aplicativo para a criança tendo em mente a segurança delas. “Trabalhamos para criar o Messenger for Kids com um comitê consultivo de especialistas em educação e desenvolvimento”, disse Antigone Davis do Facebook em uma declaração ao The Washington Post,“bem como com as próprias famílias e em parceria com a PTA Nacional. Continuamos focados em tornar o Messenger for Kids a melhor experiência que pode ser para as famílias”.

FONTE: ENGADGET

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *