Conheça 5 distribuições GNU/Linux voltadas a privacidade e segurança

Por ser um sistema de código aberto, gratuito e livre, o GNU/Linux possui centenas de “sabores” diferentes voltados para as mais diversas áreas, desde distribuições voltadas para usuários iniciantes até distribuições para homenagear a série Hannah Montana. Mas os usuários, de uma forma geral, se preocupam com a sua privacidade, terão o prazer de saber que há várias distribuições especificamente projetadas para privacidade.
Neste artigo, listarei 5 distribuições voltadas a privacidade e segurança.

1 – Tails

Tails
Tails (The Amnesiac Incognito Live System) provavelmente é a distribuição mais conhecida quando o assunto é privacidade. Ele pode ser executado a partir de um DVD ou Pendrive no modo Live, pelo qual ele é carregado inteiramente na RAM do sistema e não deixará vestígios de sua atividade. O sistema operacional também pode ser usado no modo persistente, onde suas configurações podem ser armazenadas em um USB criptografado.
Todas as conexões são roteadas através da rede Tor, que esconde sua localização.

2 – IprediaOS

IprediaOS
Esta distribuição é baseada no Fedora e pode ser executada no modo Live ou instalada em seu HD. Diferentemente do Tails que utiliza a rede Tor, o IprediaOS roteia todo o seu tráfego de rede através da rede anônima I2P.
Página principal: http://www.ipredia.org/os%20

3 – Qubes OS

Qubes OS
Embora não seja um sistema fácil de se usar para usuários iniciantes, Qubes é uma das melhores distribuições de privacidade.
O Qubes OS utiliza o Xen Hypervisor e segue a característica de “segurança por isolamento”, ou seja, os aplicativos podem ser configurados para serem executados dentro de diferentes instâncias. Essas instâncias são chamadas de “domínios de segurança”, que nada mais são do que pequenas e leves máquinas virtuais criadas pelo usuário.
Página principal: https://www.qubes-os.org/

4 – Whonix

Whonix
Whonix é baseado no Debian, mas foi completamente reconfigurado, justamente, visando a segurança e privacidade do usuário. Além de ter o foco na segurança e privacidade, o Whonix preza também pelo total anonimato de seus usuários e, devido a isso, reza a lenda, que o Whonix seria o sistema utilizado pelo grupo de hackers mais conhecido do mundo, os Anonymous.
Whonix é dividido em duas máquinas virtuais. A primeira é o ‘Gateway’ que controla todas as conexões e as encaminha a rede Tor, e a segunda é o ‘Workstation’. Isso reduz enormemente a chance de vazamentos de DNS que podem ser usados ​​para monitorar quais sites você visita. Como ele é executado em uma máquina virtual, Whonix é compatível com todos os sistemas operacionais que podem executar o Virtualbox.
 
Página principal: https://www.whonix.org/

5 – Subgraph OS

Subgraph OS
Subgraph OS é baseado no Debian e possui uma proposta similar ao Qubes OS. O Subgraph cria sandboxes em torno de aplicações que apresentam um risco ao sistema, como é o caso de navegadores. Isso faz com que ataques contra aplicações individuais não comprometerão todo o sistema.
O sistema também possui um firewall configurado para encaminhar todas as conexões para a rede Tor.
Página principal: https://subgraph.com/
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *