Brasileiros criam o Paratii, o “YouTube” com tecnologia blockchain

A plataforma criada por brasileiros, se chamara Paratii e terá um fundo sem fins lucrativos que detém uma porcentagem da moeda, para se manterem.

A ideia partiu de dois funcionários da produtora Bossa Nova Group, o gaúcho Felipe Santana (23) e do paulistano Paulo Perez (33), em que buscavam informações sobre a tecnologia das criptomoedas, o Blockchain.

Eles viram o potencial da tecnologia e tiveram a ideia de criar uma empresa na distribuição de conteúdo utilizando a tecnologia. E assim levaram a ideia para a empresa aonde trabalhavam, e assim ficou por um ano e meio incubada a startup dentro da própria Bossa Nova Group.

O objetivo dos fundadores da Paratii é dar mais autonomia e poder para os pequenos produtores de conteúdo. E o funcionamento da rede seria via o blockchain, distribuídos por peer-to-peer (como acontece nos downloads feitos por torrents de musicas e filmes).

Ou seja, os vídeos não ficariam em “um servidor central”, e sim “espalhado”, pois cada pessoa que assisti o vídeo também espalhará o mesmo.

É uma pena que uma atividade tão bonita, como contar histórias, seja subvertida por uma cadeia cheia de interesses e intermediários. Queremos que a Paratii seja o que a TV deveria ter sido e nunca foi: uma maneira de todo mundo consumir história dentro de casa. Como não dependemos de servidores, todo mundo que está assistindo ganha, porque está compartilhando pedacinhos desses vídeosSegundo o fundador da Paratii, Felipe Santana

Como a empresa ainda não tem fluxo de caixa,  ela se manterá por hora, por um fundo sem fins lucrativos que detém uma porcentagem das moedas a serem emitidas  pela rede. Se essa moeda se valoriza, a companhia em geral também ganha, e além de estar estudando outras maneiras de arrecadar recursos. A moeda que será usada é a paratiis (Ethereum).

Quando a plataforma estiver no ar em meados do primeiro semestre de 2018 (entre março e julho), contará com 3 modelos iniciais de monetização de vídeos: Deixar os vídeos totalmente grátis; contendo anúncios ou no modelo de assinaturas.

Por hora uma versão de teste que foi ao ar no dia 08 deste mês, tem somente vídeos da Bossa Nova Group hospedados. Vídeo explicativo você pode acessar AQUI.

FONTE : ÉPOCA NEGÓCIOS CANAL NOSSO NO TELEGRAM !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *